Google
 

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Pressing na Honra

por João Matos Reis
9ª Jornada – 11 de Novembro

”CANTERAS”

Existem cada vez mais clubes de futebol que têm escolas onde ensinam a jogar futebol e funcionários (normalmente antigos futebolistas) que formam jovens que podem ser excelentes jogadores, que entram nestas escolas para treinar e aprender. Este conjunto de actividades (escola, treinadores, funcionários) pode-se considerar uma "Cantera".
"Cantera" é uma palavra castelhana e no fundo um termo garimpeiro, uma cantera é uma mina, portanto.. quando se fala em futebol, referimo-nos a uma "fonte" de jovens bons jogadores,
mas canteras são no fundo, no sentido mais lato: as camadas jovens de uma equipa.

Poderão existir por esse Mundo fora, muitos jovens, muitas instalações, academias e centros de estágio, claro que todos podem ter, no entanto o que marca a diferença é a qualidade pessoal.
E como não podia deixar ser, tal como acontece em todas as empresas e ou clubes, o maior/melhor activo são os recursos humanos e neles reside o efectivo segredo.
O grande segredo aqui é ter, para além dos talentos.. é possuir também homens que através do seu saber, o tal "olho" e humanismo conseguem distinguir os melhores, acarinhá-los e formá-los. Tendo boas condições de trabalho, como o caso da Academia do Sporting, Porto, Benfica) tanto melhor. Mas o fundamental é sem dúvida o carisma, a sua capacidade técnica e o humanismo colocado nas suas relações com os miúdos...e claro o talento dos jovens: O OIRO.

Em Portugal o caso mais paradigmático é a Academia do Sporting, actualmente situada em Alcochete, de onde saíram: Figo, Peixe, Cristiano Ronaldo, Pereirinha, Futre, Quaresma, Miguel Veloso e íamos por aí fora. O Porto também tem criado muitos e bons (Gomes, Domingos, Postiga), mas alguns não se impuseram ainda, são ainda jovens (Vierinha, Machado) e andam no Leiria, Leixões etc. O Benfica tem ficado muito aquém das expectativas... mas concerteza vai melhorar e na sua academia do Seixal... irão surgir dentro em breves novos valores.

A nível internacional a grande Escola foi durante muitos anos o Ajax , onde nas suas equipas (camadas jovens) apareciam jovens dinamarqueses (Laudrups), suecos (Ibrahimovic), finlandeses (Litmanen), sul-americanos (sobretudo das Antilhas Holandesas e do Suriname (antiga Guiana Holandesa) – ambas antigas colónias holandesas - Seedorf, Guilitt, Rijkaard entre outros são exemplos disso. Todas as suas equipas jogavam em 4x3x3, todas da mesma maneira.. quando chegavam aos seniores o numero 4 era o trinco.. o 7 o extremo direitoe por aó fora. tudo sistematizado desde os infantis. Por exemplo vimos uma equipa de 12 anos do Ajax no torneio do Cultural e ver o time principal a jogar ou esta jovem equipa era a mesma coisa...mecanismos iguais.. só visto..

Depois, ainda há uns anos atrás, a grande viragem, nada mais foi igual a partir daí. Surge em força a escola francesa, um projecto nacional sediado em Clermont Ferrand, centro geográfico da França, bem perto do mítico Puy de Dome. Em Clermont Ferrand existem milhares de campos de futebol... só visto. Posteriormente criou-se um complexo desportivo em altitude... em Font Romeo – nos Pirinéus. A Federação Gaulesa tinha um projecto alicerçado por vários clubes: Saint Etienne, Lens, Auxerre e sobretudo o Nancy (equipa que actualmente está no 2º lugar do Campeonato, apenas atrás do eterno campeão Lyon. O Nancy, clube modesto da Lorena francesa de parcos recursos económicos, ao contrário do seu vizinho Sochaux (ligado à Peugeot) apresenta nada mais nada menos de 61.5% de jogadores da sua formação isto falando apenas em jogadores franceses, porque os jovens marroquinos, senegaleses ou ganenses dos seus quadros seniores também foram formados nos seus campos. O futebol francês, através das canteras dos seus clubes deram enormes talentos... que culminou com jovens jogadores a defenderem as cores nacionais e a serem campeões europeus e mundiais: bats, coupet, giresse, blanc, tigana, zidane, giully, vieira, pires, thuram, henry etc., e inclusive posteriormente a fazerem contratos fabulosos para si e seus clubes. O Sporting e o Porto também aprenderam a bem a lição.

A escola holandesa do Ajax foi a pioneira, e a escola francesa, seguiu e bem o caminho.
Paralelamente na vizinha Espanha, a cantera do Bilbau, foi determinante durante muitos anos, quando esta equipa basca só jogava com bascos, era sua a cantera que fornecia talentos atrás de talentos. E que dizer do Barça? que recruta prodígios estrangeiros em tenra idade e os forma utilizando-os no Barcelona B e posteriormente os melhores ascendem mesmo à 1ª equipa.

Mas nos clubes da Honra de Lisboa também já se trabalha muito bem nas camadas jovens e aqui vai uma ronda pelas equipas.. através da classificação na Honra.
A referência que se efectua a seguir a cada equipa é a prestação da sua actual equipa júnior:

CASA PIA – Os seus juniores estão na 1ª Divisão Nacional (actualmente em 11º lugar).
É um caso paradigmático. O seu actual plantel é formada na sua maioria por jogadores que militavam nas suas camadas jovens: FOGEIRO, MEIRELES, PEDRO SANTOS, DIOGO SALOMÃO, FITAS, JOSE CARLOS (ZEQUINHA), ZECA, RUDY, BAPTISTA, CARLOS BORGES, MARINHO e RUI AUGUSTO, entre outros, sem dúvida significativo quando a maioria destes jovens são inclusive titulares. O Casa Pia depois de alguns anos no Nacional e de parcerias até com Sporting (jogaram nos gansos, Varela, Yannick entre outros) e repensou: Começar a apostar na sua cantera e deixar de ser satélite. O clube caiu na Honra e então apostou naquilo que de melhor tinha, nos seus jovens jogadores. Em boa hora o fez e os resultados estão à vista, pois lidera a Honra.

ENCARNACENSE – Não tem equipa de juniores, porventura uma lacuna, único caso da Honra (com o Tojal), mas o XAPA, central que se está a impor passou nas suas camadas jovens tendo depois ido para o Mafra e regressado. Mas é uma pena os verdes não terem uma equipa de juniores.

FUTEBOL BENFICA - Está na Divisão de Honra AFL de Juniores (3º lugar) – O conhecido Fófó sempre foi um “viveiro” de jogadores. Bem perto do Estádio da Luz, muitas vezes muitos daqueles que não ficavam no Benfica vinham para este simpático clube. Muitas vezes até com jogadores que eventualmente poderiam ter jogado nas “águias”. Um exemplo foi o Vieira, que todos os daquele tempo se recordam e não é preciso falar em muitos mais. O Futebol Benfica chegou a ter 2 equipas de juniores, naquela altura era obra e até reservas. Portanto surgirem agora o CAMILO, PAIXÃO, MIGUEL, FORNER, IVO e BALDE não surpreende, pois é uma prática do clube ter jogadores da cantera... se calhar também é por isso que gosto dos fófós. Actualmente com uma equipa B, onde joga Cristiano entre outros… o clube tem futuro assegurado.

LOURES – Está na 2ª Divisão Nacional de juniores - serie C (1º lugar), subiu a época passada, numa luta titânica com Linda-a-Velha, Sacavenense e Futebol Benfica, até à penúltima jornada.
Têm saído muito e bons jovens, Caipiro que está no Oriental, Tiago Fonseca no Ericeirense, entre outros. No actual plantel estão o GARRIDO e o NELSON RODRIGUES, que era o capitão dos juniores.Trabalha-se muito bem nas camadas jovens do Loures.


OEIRAS - Presente na 1ª Divisão Nacional de juniores (5º). Falar do Oeiras é sempre complicado. E isto porquê? Porque é um clube que tem surgido nos campeonatos nacionais em juniores e juvenis e por razões que desconheço, por motivos que me escapam, não tem aproveitado esses mesmos jogadores para seu proveito próprio.
Por exemplo o central Vando e o Bruno Marins, ambos do Tires e o último até marcou 4 golos no domingo foram juniores do Oeiras, assim como o Filipe do Torre, entre muitíssimos outros. Portanto surgirem apenas na 1ª equipa: o BRUNO DUARTE , ANDRE RODRIGUES, VIDA, CAMARA , estes 2 últimos pensamos que ainda juniores, achamos, na nossa modéstia opinião, ser escasso, até porque o Oeiras tem tido muito boas equipas de juniores, comprovado até pelo actual 5º lugar.
TOJAL – Este clube não têm juniores, o que é uma pena numa área onde existem tantos jovens, mas claro jogarão no loures, vialonga ou fanhões. Mas concerteza que o excelente campeonato efectuado na Honra motivará os dirigentes do Tojal. Embora se registe que têm futebol feminino.

LINDA-A-VELHA - Está na Divisão Honra AFL de Juniores (5º lugar - 1 jogo a menos).
Apresenta no seu actual plantel 9 jogadores formados nas camadas jovens, quase cerca de 40%: ANDRE BARBOSA , PINTO, LUIS SANTOS, JANITA, JOÃO FERREIRA, MORAIS, JOÃO MIGUEL, ÉVORA e FÁBIO.
E se falarmos nos atletas, formados no clube, que saíram nas épocas recentes, não que não tivessem valor mas porque não podiam efectivamente ficar todos: Nuno Simões, Carlos Ferreira, Edgar Cadeirinhas, Lavinas e Tiago Carlos para Cacém B, Tomé para Musgueira, André Vieira para o Talaide, Tiago Mestre no St. António, Figo no Casa Pia, Pedro Miguel “PP” no Olivais, Ludgero no Tourizense. E se falarmos ainda no Vasco, o grande capitão Vasco (muito parecido na forma de jogar do Gonçalo do Fófó), Duarte e Gonçalo que suspenderam temporariamente (para estudarem) a actividade desportiva, diremos que se trabalha a sério no Linda-a-Velha.
E sabiam que o até o José Inácio ex-Futebol Benfica e actualmente no Loures também jogou nas
camadas jovens do Linda-a-Velha? E para não falar dos que passaram e estão actualmente em actividade: Gralho, Filipe e Naty no Povoense, Zorrinho e Canha no Casa Pia, Casca no Sanjoanense, Delmino no Algés, Rodrigo no Eléctrico Ponte de Sôr e Valter no Barreirense. É efectivamente muita gente de valor que se formaram ou vestiram nos últimos anos a camisola do Linda-a-Velha isto apenas para falar nas 3 últimas épocas.
E aí vem uma nova fornada, pois a sua actual equipa de juniores (na sua maioria ainda de 1º ano) tem uma serie de jogadores talentosos, claro que ainda cedo e com 2 campeonatos para rodar, muitos ainda podem despontar, mas Pázadas, Tim Tim, João Lopes, João Magalhães, Fredy (Massa), Vasquinho, André e António são valores que potenciarão o clube. O Linda-a-Velha tem portanto o seu FUTURO assegurado, até porque tem 11 equipas de competição e 350 escolinhas. O clube tem 18 treinadores no activo, desde o nível I até ao nível IV. Uma enorme palavra de apreço ao mister Carlos Magalhães: uma referência no futebol jovem do clube e não só, pois é estimado por todos os técnicos que conhecem e enaltecem o seu trabalho.

MUSGUEIRA - Está na 1ª Distrital - série 2 Juniores (12º). Concerteza que o Musgueira irá aproveitar as suas camadas jovens, até porque existe uma mística neste clube. É um popular clube de bairro, onde os recursos económicos não abundam, tal como noutros clubes e portanto as apostas passarão por mais EUGÉNIOS e ZELITOS.

MALVEIRA – Presente na 1ª Distrital - s´2rie 1 Juniores (5º). Nas Seixas também se trabalha bem. Um clube com tradição e peso regional, logo ter no seu plantel: TIOZINHO, FALE, VITOR HUGO, ZE RICARDO e GERSON também não é novidade, para não falar no ruben ferreiro que saiu esta época e está a marcar muitos golos pelo Venda do Pinheiro. Claro que possuindo um forte plantel, apenas Gerson e sobretudo Zé Ricardo são os que mais têm “calçado”, mas os outros é esperar pela oportunidade. Ok Vitor Hugo e Cª?

PONTERROLENSE - Está na 1ª Distrital - série 1 Juniores (7º).
O técnico tem ao seu dispor: FABIO, JOTA, RICARDO ANTUNES, RICARDO SILVA e FRANCISCO, tudo jovens que esperarão a sua oportunidade. Fábio começou nas redes até porque João Irra estava castigado e os outros têm jogado assiduamente. Jovens com atitude adulta, este pessoal da Ponte de Rol, Ricardo Silva inclusive é um bom trinco, muito forte fisicamente.

ERICEIRENSE - Está na 1ª Distrital - série 1 Juniores (10º).
E registe-se que foi Campeão da 2ª na época passada. No actual plantel estão, daqueles que se sabe: o JOAO LEITÃO e JOAO MANO (de outras épocas). Efectivamente não são muitos, mas pensamos que muitos juniores da época passada eram de 1º ano. Portanto bons valores existiram e existirão sempre na Ericeira, até agora mais facilitado, com um protocolo - uma escolinha do Benfica, mais talentos surgirão.

PÊRO PINHEIRO - Está na 1ª Distrital - Série 1 Juniores (7º), tendo perdido a final da 2ª na época passada perante o Ericeirense. Tínhamos algumas expectativas, depois até de ver alguns destes juniores, todavia não se têm imposto na equipa principal. Subiram: PEDRO, NUNO, DIOGO, M.JORGE (MARINHO). Eram inicialmente cinco, mas Carlos Augusto foi para o Cheleirense, excelente jogador este jovem, calmo, bom médio que também pode ser central. Mas uma palavra de apreço ao CAPP que ficou com quatro ex- juniores, pena terem saído o saúde e mais um ou outro.

LOUREL - Está na 1ª Distrital - Série 1 Juniores (1º).
Tem apostado e bem nas camadas jovens: TIAGO MONTEIRO, CARDOSO, PINA, CÉSAR, TIAGO VALENTE e DOBRÕES são actuais jogadores do plantel sénior. E pelos vistos os actuais juniores estão em grande, pois comandam a sua serie. Parabéns ao Lourel.

BUCELENSES – Está na 2ª Distrital - Série 1 (7º lugar).
Esta filial do Belenenses agora com o seu novo sintético e com a sua “escolinha” que está em funcionamento, também terá o seu futuro devidamente assegurado.

TORRE - Está na 2ª Distrital - Série 2 Juniores (9º).
A área de recrutamento do Torre é vasta. Jogadores jovens como: JOSÉ MARIA, VASQUINHO, EDGAR, VILA, DUARTE, DINIS, BA, PEDRO CARDOSO e TIAGO entres outros são ex-juniores do Estoril, Belenenses, Oeiras, Odivelas, Carcavelos entre outros. O Torre capta estes jovens e dá-lhes uma oportunidade, é positivo para o clube e também para estes jovens, porque uns jogam numa divisão digna, onde se podem promover e outros vão jogando, visto terem dificuldade em representar o seu clube de origem. Refira-se que sobretudo os que vêm do Estoril poucos são os que depois ficam nos seniores? Excelente o trabalho dos técnicos das camadas jovens estorilistas (Martins e Cª) que depois não vêm os seus pupilos ao mais alto nível. O caso do jovem Balakov foi gritante, foi emprestado para o Rio Maior, depois foi com Paulinho (mister) para o Elvas. Um jogador muito bom que deveria pertencer ao quadro sénior canarinho.

SL OLIVAIS - Está na 1ª Distrital - Série 2 Juniores (3º) .Este popular clube tem sempre boas equipas, inclusive nas camadas jovens e o gosto pelo futebol é tanto que até têm Futsal (na I Divisão) . Têm sempre bons talentos e esta época JOSÉ CARREIRA, FABIO ALVES e PEDRO LOBO fazem parte do actual plantel sénior.

POVOENSE - Está na Divisão Honra AFL de Juniores (1º lugar). O UAP está mal nos seniores, mas em grande nos juniores, comanda a Honra de Lisboa. De referir que o clube até teve uma equipa B na época passada, prova provada que há muito material humano como é comprovado com: VASCO AGUDO, BETO I, BRUCE ANDRADE, BRUNO GRAÇA, JOÃO TIAGO, DAVID NOGUEIRA, TIAGO FATELA, MARCELO e ADILSON. Estes dois últimos titularissimos e muito bons jogadores.

FANHÕES - Está na 2ª Distrital - Série 1 Juniores (13º - penúltimo lugar). Efectivamente este grande clube, passa por umas horas menos boas, estão mal os seniores e os juniores não estão melhores. No plantel sénior têm FILIPE NASCIMENTO (a efectivo), MANTA, MOISÉS e BIKES.

O Remate final são mesmo os prognósticos:

Povoense-Ass. Torre 1
Malveira-Lourel 1
Linda Velha-Bucelenses 1
Casa Pia-Fanhões 1
Ericeirense-Loures 1x2
Ponterrolense-Pêro Pinheiro 1x
Tojal-Olivais 1x
Encarnacense-Musgueira 1x
F. Benfica-Oeiras 1x

5 comentários:

Anônimo disse...

Que artigo fantástico! Os meus parabéns.
Que excelente trabalho fez e que denota um conhecimento da Honra verdadeiramente impressionante.
Parabéns.
Filipe Silva

Anônimo disse...

Gostei muito deste artigo mas já que nele se fala de canteras eu gostaria de dar uma sugestao: porque nao ter atençao a outras equipas tambem e aumentar os seus conhecimentos em "canteras" e estudar a equipa senior do Mem Martins? Iria ver sim o que é formar jogadores pois esta equipa conta com 20 jogadores formados no próprio clube, e sendo a idade media do plantel muito baixa. Gostaria que tivesse isso em atençao e pensa-se nesse caso! os meus cumprimentos e continue com artigos assim

Anônimo disse...

Boas ao filipe silva e ao adepto do mem martins obrigado pelos elogios..quando se faz algo..é na tentavia de divulgar jogadores e clubes..mas tb é verdade que gostamos de ver que apreciam o meu esforço..sobretudo na pesquisa.é evidente que pertencendo a um clube da honra..onde inclusive..temos 11 equipas de competição ..saber e ver os outros se torna quase impossivel.. Porque inclusive até só consigo ver os juniores e obviamente os seniores do meu clube:linda velha..e por vezes um ou outro dos nossos juvenis..sempre que posso acompanho..ainda agora meti no dia 2 ..um dia de ferias para ir a Mafra ver os sub20 distritais..mas nao posso ir a todas..fica no entanto lançado o repto..para outras pessoas falarem sobre a 1 distrital..normalmente já "estando" na Honra é mais facil olhar para cima ..do que para baixo..mas tento acompanhar.até pk vi jogos treinos de equipas da honra com equipas da I distrital e há boas equipas.o mem martins vi um jogo contra slolivais em juvenis epoca passada final e gostei..tinham um puto grande na frente muito bom..esquerdino branco..mas tinha equipa boa.aliás existem muitos bons valores.clubes como cacem,mem martins,tires, sacavenense trabalham muito bem.gosto muito de futebol e de ver o jogo na sua essencia.sou apologista da prata da casa..alicercada com os experirntes bons.o meu proximo artigo será sobre os totalistas da honra..claro que menos abragente que este porque este foi abrangente.e toco num ponto em k todos estamos de acordo..os jovens são o futuro do futebol e sobretudo do nosso País.Precisamos de gente sã,equilibrada e unida...os da minha geração (tenho 47) têm sido uma desilusão...os verdadeiros amigos ainda são os da minha juventude e na maioria ligados ao futebol.Obrigado pela força amigo filipe e adepto mem martins,,mais um clube que vou torcer..pode ser que nos apanhemos na taça.para quando o vosso sintetico? Se poderem vão ver o lvelha em seniores ou juniores .temos equipas que jogam futebol..nos seniores nós e o casa pia os que k mehores jogamos..nos juniores ha 4/5 equipas que jogam bem..gostei muito do cacem...tem um central muito bom..e 2 avançados excelentes...
bom fim semana desportivo e não só..
joao matos reis lvelha

Adepto MM disse...

Desde já quero agradecer o facto de ter dado atençao a minha "critica" construtiva! entendo que seja dificil acompanhar todas as equipas e o meu alerta para o seu artigo foi porque eu pensava que tinha toda a disponibilidade de acompanhar todas as equipas conforme quisesse...mas fica desde já o apelo para outras pessoas. Ajudem os jovens futobolistas PORTUGUESEs principalmente e dÊm especial atençao aos clubes onde se trabalha bem nesse sentido. Deixo denovo um elogio ao seu artigo, que foi muito bom! UM abraço e cumprimentos a todos

PS: quanto a questao do sintentico só a Camara Municipal de Sintra poderá dar uma resposta nesse sentido, ou entao nao! Já nao sabemos o que pensar disso. Mas digo aqui com toda a certeza que se apostassem no Mem Martins como deve ser, unindo as infraestruturas á quantidade de populaçao que existe em MM, que se iria fazer algo muito engraçado.


Os meus cumprimentos a todos! e obrigado

Anônimo disse...

apareça sempre..claro que foi construtiva a sua participação ..eu efectivamnte tenho a minha actividade profissional na area da geografia..sou director do lvelha..e conheci o rui lopes.na net..conheci-o pessoalmente,,no rio de mouro lvelha..e gosto de futebol..mem martins tem potencial,,insere-se numa região densamente povoada..existem muitos clubes..mas aqueles que tiveram melhores condições.ou tecnicos mais capazes..claro k se juntar as 2 coisas melhor..mas boas equipas.cacem..mem martins,rio mouro...1 dez.sintrense..por a´fora..lourel..algueirão..real.mas muitas e boas..kunato lvelha omo lhe disse tem 11 equipas em competição e 18 tecnicos contando com os da 350 escolinhas...estamos a crescer..tb lhe digo ..temos a fama de clube rico..isaltino..ehehet.mas nos anos 70 a 90.nao tinhamos campo..treinavamos na rua..e corriamos ate belem..ate queluz..e jogavamos nos pelados do estadio,,crescemos..portanto terem o pelado..terem um campo já bom..mas agora demarches com autarquia para arrelvamento o clube agradece..não é?porque treinar e jogar num pelado..muito doloroso..ja do seculo passado
joao reis lvelha