Google
 

sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Divisão Honra AFL

por Paulo Figueiredo no Notícias da Manhã

“Linda-a-Velha foi o melhor que me podia acontecer”
Após tempos conturbados, onde se chegou mesmo a falar no fim da carreira, Baldé reencontrou no Linda-a-Velha a alegria de jogar futebol. O avançado, que completou 31 anos na passada segunda-feira, relembra as dificuldades que atravessou ao longo da carreira: “Tudo começou quando assinei pelo Caldas. Contraí uma rotura muscular e fui dado como acabado para o futebol. Fiquei dois anos sem jogar e tive eu mesmo de suportar os custos da recuperação da lesão. Felizmente, o treinador Guilherme Farinha, que já tinha apostado em mim no Praiense, voltou a acreditar em mim e fui para o Académico de Viseu. Daí segui para o Almada e mais tarde para o Seixal, clube que me ficou a dever oito meses de salário. Assinei depois pelo Atlético do Cacém que me ficou, igualmente, a dever dinheiro. O ano passado joguei no Sesimbra e, esta época, por intermédio do meu ex-treinador Esmoriz, fui contactado pelos dirigentes do Linda-a-Velha. Vinha um pouco desconfiado mas, depois de falar com os responsáveis do clube, senti logo que estava a lidar com pessoas sérias. Estou a gostar muito de aqui estar e penso que estou a retribuir a confiança das pessoas que apostaram em mim”.
O Linda-a-Velha não começou muito bem a época tendo, inclusive, mudado de treinador. Baldé lamenta a saída de Vítor Magalhães mas está igualmente a gostar de trabalhar com Luís Silva: “Fiquei muito triste com a saída do Mister Magalhães. No entanto a mudança de treinador aumentou a nossa motivação. Os bons resultados começaram a surgir e oxalá que assim continue”.
Em relação aos objectivos da equipa, Baldé revela-se ponderado: “Espero continuar a marcar mas, em primeiro lugar, está a equipa. Vamos lutar para ficar no melhor lugar possível.”

Treinador Luís Silva elogia trabalho do seu avançado
Luís Silva, treinador do Linda-a-Velha, tece rasgados elogios ao desempenho do seu pupilo: “O Baldé é um jogador extremamente honesto, muito trabalhador e que faz na perfeição a função dele. É muito solidário com a equipa e estou muito satisfeito com o desempenho dele. É tecnicamente evoluído e frio na finalização. Treina como joga e penso que ele é um exemplo para todos os jogadores”.

3 comentários:

Nuno - Sócio ACC disse...

Grande jogador, foi com imensa pena e espanto que os sócios do Cacém nos quais me incluo o viram sair. Uma mais valia para qualquer equipa.

Moreira disse...

Ah Granda Balde continua assim a marcar golos que a malta de Linda-a-Velha agradece, ja agora marca uns golitos neste domingo para derrotarmos o Lourel.

Anônimo disse...

BALDÉ é efectivamente um CARA à maneira. Cordial,brincalhão, supereducado e simpatico. .esses os seus atributos... como homem..como atleta..colectivo,leal(contra adversarios) e matador...estamos bem servidos de homem golo...não o trocávamos pelo "levezinho"...
Na exelente reportagem do NM..apenas um reparozinho..na foto está o evora..todavia numa bela reportagem de Paulo Figueiredo.mais uma..onde o Lvelha está em evidência.
OS SINCEROS AGRADECIMENTOS DO CLUBE E EM MEU NOME PESSOAL VOTOS DE EXCELENTES REPORTAGENS PARA O NM.
OBRIGADO PELA REPORTAGEM MAGNIFICA